O que é RENDA FIXA: É bom investimento?

Renda Fixa é um tipo de investimento em títulos públicos ou privados. Com isso o investidor consegue lucros futuros. Veja mais sobre o assunto!

Quando alguém decide investir em Renda Fixa ele está aplicando seu dinheiro de forma direta nos títulos públicos ou privados. Então em um prazo estabelecido ele receberá um certo valor em formato de juros.

De acordo com o funcionamento desse investimento a pessoa poderá obter alguns benefícios ao decidir investir nele. Enfim, cabe ao investidor decidir qual dos tipos de investimento em Renda Fixa é mais vantajoso.

Renda Fixa

É um tipo de investimento onde a pessoa compra um título de Renda Fixa.

Eles podem ser Públicos ou Privados e consistem em emprestar dinheiro a quem está o emitindo.

Esse emissor poderá ser um Governo, Banco ou uma Empresa. Para quem investe nesses papéis de Renda Fixa a vantagem é o valor com juros que ele recebe posteriormente.

Como funciona

As amortizações que são parceladas podem também ser recebidas por esse investidor. Nisso podemos perceber que se trata de um negócio bem vantajoso e que poderá resultar em lucros futuros.

É importante ressaltar que nesse tipo de investimento de Renda Fixa há regras definidas. O prazo e a forma de pagamento já estarão estabelecidos através das regras aplicadas pelo emissor do título.

O documento serve para garantir que o Banco, Governo ou Empresa realmente pague o dinheiro com juros para o investidor. Os valores recebidos serão fixados ou previstos e o investidor poderá saber quanto ganhará.

Os investimentos de Renda Fixa tem como característica o fato de serem operações mais simples e com menor risco. Somente se o emissor não efetuar o pagamento é que o investidor poderá ter problemas.

É ideal para um investidor mais conservador ou que esteja iniciando na área. E poderá trazer um resultado mais sólido aos investidores, o que lhe torna um negócio bem vantajoso.

Termos usados em investimentos de Renda Fixa

Agora que já compreendemos o que vem a ser um investimento em Renda Fixa vamos conhecer alguns termos técnicos. Eles servem para definir as pessoas, objetos e situações encontradas nesse investimento.

  • Título Financeiro: O documento da operação

Esse documento terá todos os dados necessários para que essa operação possa ocorrer corretamente. Os prazos, cálculos de remuneração, entre outras regras pré-estabelecidas.

  • Emissor

É quem receberá o empréstimo do valor investido. Aqui se enquadra a entidade tanto pública quanto privada que deverá realizar o pagamento ao investidor na data combinada.

Ele pode ser um Banco, uma Empresa ou um Governo. Sua principal obrigação é a de honrar o compromisso com o investidor.

  • Investidor/Cedente: É quem realiza o empréstimo

Pessoa física/jurídica que faz o investimento emprestando o dinheiro para a entidade pública/privada.

  • Agente de custódia

O registro do título é feito por ele.

  • Principal

Valor recebido pelo emissor e que deverá ser devolvido com juros para o investidor. Recebe o nome de preço de custo ou preço de compra.

  • Cupom

É basicamente a taxa de juros ou a taxa de remuneração. O emissor deverá pagar os juros propostos conforme combinado anteriormente.

  • Data do vencimento

É a data onde o procedimento será finalizado e o valor é devolvido ao investidor.

renda fixa

CDB com liquidez diária

É um dos melhores investimentos em Renda Fixa onde um investidor pode aplicar seu dinheiro. Ele é seguro e o retorno é de curto prazo, o que pode ser vantajoso para quem apresente esse perfil de investidor.

O investimento renda fixa liquidez diária consiste em um tipo de empréstimo ao banco. A vantagem é que o investidor poderá obter esse dinheiro quando ele precisar. Ele recebe esse valor de acordo com a taxa de juros.

O principal objetivo desse título é para gerar recursos para as instituições financeiras. Assim tanto a pessoa física quanto jurídica poderá efetuar esse tipo de investimento.

Dessa maneira os Bancos conseguem captar mais recursos para suas operações rotineiras. Apesar de ter uma rentabilidade menor do que a dos investimentos de longo prazo é uma boa opção.

Como leva apenas 24 horas para o dinheiro ir para a conta da pessoa o chamamos de liquidez diária. E esse tipo de investimento pode ser bem vantajoso para quem quer resultados a curto prazo.

Fundos de Renda Fixa

É um tipo de fundo de investimento com percentual de 80% já pré-determinado para aplicações de renda fixa. Acompanham na maioria das vezes os juros do mercado, são mais previsíveis e constantes.

O fundo de investimento em renda fixa funciona em sistema de cota, onde cada investidor adquire uma delas. Nisso são feitos diversos investimentos e assim os rendimentos são bem maiores.

São mais fáceis para se investir/operar, além de não necessitar de altos investimentos. Tudo é gerenciado por um gestor que seleciona e compra os ativos que ele julgar vantajosos.

Muitos desses fundos possuem liquidez diária, o que pode ser uma grande vantagem. Já a taxa de administração é menor devido a ser mais fácil de gerenciar do que os outros investimentos.

O ideal é verificar qual o seu perfil de investidor e então realizar o tipo de investimento adequado. Para que assim os resultados possam ser favoráveis e tudo saia conforme o planejado.

Gostou do artigo?

Compartilhe, opine, deixe seu comentário, sua sugestão.



Leave a Reply