O que é Day Trade? Como funciona, vantagens

Day Trade, ou dia de negócios, é mais uma dessas terminologias do mundo dos investimentos. Mas não se assuste. Seu entendimento é bastante claro.

As operações de Day Trade (DT) acontecem todos os dias na Bolsa de Valores. E para quem é investidor assíduo, essa é uma prática bem corriqueira no dia a dia dos investimentos.

Mas o que é realmente Day Trade? De forma ampla, é a compra e venda de ações dentro de uma mesma sessão. Mas para operar em uma Day Trade é necessário olho clínico e muito conhecimento do mercado.

Tempo é dinheiro

O Day Trade é a atividade de compra e venda de ativos no período de um dia dentro do pregão. Lembrando que o horário de negociação da Bovespa inicia às 10h e termina às 17h.

Ou seja, nesse intervalo de apenas 7 horas, você tem a chance de negociar ações e ainda sair com lucro. Mas também pode sair no prejuízo se não souber analisar as informações e as tendências de mercado.

O Day Trade é a modalidade mais rápida da Bolsa de Valores. A grande vantagem é a agilidade da negociação, permitindo grandes investimentos mesmo com pouco ou nenhum dinheiro em mãos.

As vantagens do Day Trade (DT)

São duas as grandes vantagens de operar no Day Trade: agilidade e alavancagem. A agilidade consiste no fato de que é possível encontrar oportunidades em um curto espaço de tempo.

Já a alavancagem consiste em não precisar desembolsar o valor total das ações. Mas apenas a diferença entre os valores de compra e venda destas mesmas ações. Veja o exemplo a seguir:

No início do pregão você compra R$ 50 mil em ativos de uma determinada empresa. E até o final daquele dia você as vende por R$ 53 mil. Você não precisará desembolsar nada, mas receberá o lucro de R$ 3 mil em sua conta.

Ou seja, você tem a oportunidade de ganhar com as ações em um mesmo dia. Mas para operar no Day Trade não basta ter feeling. É preciso entender do mercado de ações e, principalmente, de Análise Técnica e Stop Loss.

day trade

Como usar a Análise Técnica no Day Trade (DT)

A Análise Técnica foca diretamente no coração do mercado de ações: a lei da oferta e da procura. Ou seja, quando há maior procura os preços sobem. E quando há maior oferta, os preços caem.

Assim, com base em gráficos dos preços das ações, a Análise Técnica busca padrões de comportamento. Ou seja, ela analisa os sinais de demanda e oferta em busca do melhor momento para comprar e vender papéis.

Para que serve o Stop Loss no DT

Se a Análise Técnica é utilizada para identificar cenários de alta ou baixa, então para que serve o Stop Loss? O Stop Loss é como se fosse um freio de mão, uma alternativa para que o pior não aconteça.

Exemplificando: você comprou ações a R$ 50,00 e colocou seu Stop Loss em R$ 49,90. Assim, seu prejuízo máximo por ação será de apenas R$ 0,10. Com isso, seus riscos de perda estarão limitados e calculados.

Margem de Garantia

No âmbito do Day Trade também temos a Margem de Garantia. Ela é o valor depositado na sua corretora e que lhe permite investir no Day Trade. Assim, você pode investir até 10 vezes o valor deste capital.

Ou seja, se você depositou R$ 5 mil em garantia na sua corretora, você poderá operar até R$ 50 mil. Além disso, algumas corretoras aceitam CDB’s, Títulos Públicos e até mesmo ações como Margem de Garantia.

Assim como qualquer investimento no mercado de ações, o Day Trade também apresenta seus riscos. Entretanto, utilizando as ferramentas corretas e fazendo as devidas análises, as chances de ganhos são excelentes!




Leave a Reply