Curso Cálculo Trabalhista Simplificado: Vale a pena fazer?

Conheça o inovador Curso Cálculo Trabalhista Simplificado. Um método que revolucionará o modo como se fazem os cálculos dos direitos trabalhistas.

Todo cálculo trabalhista deve ter a máxima exatidão e coerência. Qualquer erro pode gerar para a empresa contratante, multas e muitos prejuízos. Resultando em perdas.

Para se fazer todos os cálculos de forma correta, é de suma importância que se faça um sistema com muita organização e sistemático. Cálculos como remunerações precisa ter um cuidado especial.

Para lhe auxiliar a resolver esses cálculos de forma exata, o autor Guilherme Zambrano, criou o Curso Cálculo Trabalhista Simplificado, um método de traz precisão, rapidez e facilidade na hora de aprender todos os cálculos trabalhista.

Conheça o autor e também tudo sobre esse curso que ajudará desde estudantes de direito a advogados, contadores e mesmo qualquer pessoa a entenderem melhor e como fazer com precisão qualquer cálculo trabalhista.

O que é Cálculo Trabalhista

Um cálculo trabalhista é um tipo de conta que envolve os valores de uma rescisão contratual. O departamento pessoal deve conhecer todos os direitos dos trabalhadores, para que dessa forma todos os valores devidos pela empresa, sejam pagos ao funcionário.

Quando todos os valores são pagos corretamente, evita-se processos por causas trabalhistas. Para que todo o cálculo trabalhista seja feito de forma correta, é de suma importância que se conheça todas remunerações do direito do trabalhador.

Além disso, é necessário que se conheça todos os tipos de cálculos que evolvem o processo de rescisão contratual. Garantindo que todos os direitos do funcionário sejam devidamente pagos.

Para lhe ajudar a fazer todo o processo de cálculo trabalhista, o autor Guilherme Zambrano criou o Curso Cálculo Trabalhista Simplificado, que ensina de forma prática, como estimar em poucos minutos e com precisão, o valor dos principais créditos trabalhista.

Curso Cálculo Trabalhista Simplificado

O que é liquidação de sentença

A liquidação de sentença ou sentença líquida é o valor da discordância ou da homologação já esteja acertado entre ambas as partes. Dessa forma, permitido de fato a imediata execução.

Quando não é fixado o valor condenatório ou caso ainda não tenha sido individualizado o objeto da obrigação, dá-se o nome de liquidação de sentença.

Desse modo, quando ocorrer de a sentença ser ilíquida será necessário o uso de procedimentos que quantificam, em outras palavras, torna-se claro o objeto de obrigação, referente ao capítulo V, artigo 879 da Consolidação das Leis Trabalhista – CLT.

Para quem é indicado

O Curso Cálculo Trabalhista Simplificado é indicado para estudantes e profissionais na área de Direito que buscam um método para facilitar na hora de efetuar cálculos trabalhistas.

Com esse curso, o leitor irá aprender de forma clara e fácil, como estimar facilmente e com total precisão o valor dos principais Créditos na área trabalhista.

 

Para que serve o cálculo trabalhista

O cálculo trabalhista serve para calcular o todos os direitos que o funcionário possui. Por ser algo muito complexo e que deve ter a maior atenção por parte de quem o realiza, é de total importância que seja planejado no dia a dia.

Abaixo fizemos uma relação com os principais cálculos trabalhistas. Confira quais são:

  • Saldo de salário
  • Cálculo de aviso prévio
  • Recebimento de férias proporcionais
  • Recolhimento do FGTS
  • Multa sobre o FGTS
  • Adicional noturno
  • Pagamento de horas extras
  • Recebimento do décimo terceiro salário
  • Descontos do IRPF
  • Descontos do INSS
  • Pagamento de férias

Todos os itens acima descritos necessitam de um cálculo específico, que deverá ser feito com total atenção. Revisto para que não ocorra nenhum erro.

Exemplo de cálculo trabalhista (caso rescisão)

Quando finda um acordo de serviço entre patrão e funcionário, é preciso que se faça um acordo financeiro, de todo o tempo em que se foi prestado um determinando serviço para aquela empresa.

Dessa forma, é feito um cálculo de rescisão trabalhista, para que o empregador paga de forma correta, todos os direitos do seu funcionário. Esse cálculo exige tanta complexidade, que muitas vezes, ocorre de ser feito de forma errada.

Abaixo fizemos um passo a passo de como fazer o cálculo trabalhista no caso de rescisão. Veja como é feito?

  1. Verificar saldo de salário: Nesse caso, deve ser dividir o valor do salário por 30 dias, O valor que constar aqui, será o quanto o funcionário ganha por dia. Exemplo: 1500 (valor do salário) / 30 dias = 50. Ou seja, por dia o funcionário ganha R$50,00. Multiplica-se esse valor a quantidade de dias trabalhados no mês de rescisão. R$50.00 x 20 dias = R$1000,00
  2. Aviso prévio: Valor referente ao salário mensal. No nosso exemplo, R$1500,00.
  3. Férias proporcionais: Refere-se ao tempo incompleto de férias. Sendo na proporção de 1/12 por cada mês de serviço.

Exemplo: o funcionário trabalho por 8 meses naquele período, então é feito o cálculo em cima de 8/12. Divide-se por 12 o salário (R$1500/12 = R$125) e o resultado multiplica-se por 9, que é são os 8 meses trabalhados, mais 1 de aviso prévio (R$125X9 = R$1125)

  1. 1/3 de férias: Além das férias proporcionais acima calculados, o funcionário terá direito a receber 1/3 sobre esse valor. Para que se chegue a esse valor deve-se dividir por 3 o valor acima. (1125/3 = 375)
  2. 13º Salário proporcional: Da mesma forma que o trabalhador tem direito ao proporcional de férias, ocorre na 13º. O cálculo é o mesmo (1500/12×9 = 1125)
  3. FGTS: Valor pago em cima do saldo de salário. Se o funcionário trabalhou 20 dias durante aquele mês, terá de saldo de salário R$1000,00 x 8% (FGTS) = R$80,00 valor a ser pago de FGTS. Do 13º também incidirá porcentagem, R$1125,00 x 8% = R$90,00
  4. INSS: Além do FGTS, deverão ser descontados os seguintes valores referentes os INSS: Saldo do salário (1000 x 8% = R$80,00), aviso prévio (R$1500,00 x 8% = R$120,00) 13º proporcional, referente ao tempo trabalhado (R$1125,00 X 8% = R$90,00)
  5. Multas: Conforme lei, o empregador deverá multa 40% sobre o FGTS, em caso de demissão sem justa causa. Exemplo: R$1500,00 x 8% = R$120,00 x 9 (meses trabalhados e aviso prévio) = R$1080,00 + R$90,00 (FGTS) = R$ 1170,00 x 40% (multa) = R$468,00 (valor a ser pago de multa pelo empregador)

Com base nesses cálculos, temos o seguinte cálculo:

  • Vencimentos: R$4000,00
  • Descontos: R$460,00
  • Total líquido que o funcionário irá receber é R$3540,00

Um cálculo bem complexo e que envolve muita concentração. O Curso Cálculo Trabalhista Simplificado ensinará métodos mais rápidos e simplificados para a resolução de cálculos como esse.

Por que devo fazer o Curso Cálculo Trabalhista Simplificado?

Se você é um estudante ou profissional de direito que atua na área trabalhista, esse curso ensinará de modo amplo e facilitado, como resolver todos os cálculos que envolvem os direitos do trabalhador.

O Curso Cálculo Trabalhista Simplificado mostrará métodos, comprovados, de como resolver com total exatidão e de forma mais rápida os cálculos trabalhistas, que são muito complexos e que exigem muitas fórmulas.

Que esse curso você não precisará recorrer a planilhas, calculistas e programas, muita das vezes chatos e muito caros. E que demoram algum tempo para resolução. Você mesmo poderá fazer qualquer cálculo em poucos minutos, utilizando o nosso método.

Quem é o autor

O autor do Curso Cálculo Trabalhista Simplificado, Guilherme da Rocha Zambrano, é um conceituado Juiz da 13º Vara do Trabalho em Porto Alegre. Além de ser especialista em Direito Internacional e Mestre em pela UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Além disso, Guilherme Zambrano ensina métodos inovadores, que auxiliam profissionais na área de direito a resolverem de forma prática cálculos complexos. É criador dos seguintes cursos:

  • Curso de Cálculos Trabalhista Pedidos Líquidos
  • Curso Litigante Responsável
  • E o mais novo Curso Cálculo Trabalhista Simplificado

Quais as vantagens da versão eletrônica?

A versão eletrônica (E-BOOK) contém vários recursos bem interessantes, que na versão impressa não teria como disponibilizar. Veja as vantagens de adquirir essa versão:

  • Fornece links para a Calculado do Cidadão do Banco Central do Brasil
  • Disponibiliza também link para o Simulador do Imposto de Renda da Receita Federal
  • Dá direito a impressão de uma cópia do livro. Ou seja, você terá uma versão impressa, que não levará muitos dias para chegar. Pois após confirmação de pagamento, a versão eletrônica estará disponível
  • Possui valor 50% mais baixo que a versão impressa.

 

Quais as vantagens da versão impressa?

A versão impressa conta com um visual mais moderno e é feito com alta qualidade de impressão. Veja as vantagens em estar adquirindo a versão impressa:

  • Pode ser carregado para onde quiser, pois o tamanho é confortável. Podendo ser levado na bolsa ou mochila
  • É agradável de ser lida
  • O autor escreve a próprio punho uma dedicatória e autografo especial para você
  • Receberá, após a confirmação do pagamento, a versão eletrônica também

Vale ressaltar, que a versão impressa demora por volta de 30 dias para chegar até a sua casa. Já a versão eletrônica, chegará em poucas horas, após confirmação de pagamento.

 

Posso adquirir as duas versões?

Não há a necessidade em se adquirir as duas versões já que ao comprar a versão impressa, você receberá a versão eletrônica do curso. Ou caso, prefira comprar a versão em E-BOOK, você terá direito a poder fazer a impressão de uma cópia impressa.

Lembrando que a versão eletrônica é 50% mais barata que a versão impressa. Além de que em poucas horas você terá o E-BOOK disponível. E não precisará esperar 30 dias para começar a aprender o método.

Como comprar o Curso Cálculo Trabalhista Simplificado?

Para estar comprando o método inovador Curso Cálculo Trabalhista Simplificado, basta acessar o site E-BOOK Guilherme Zambrano onde terá todas as informações disponíveis.

Vale ressaltar, que é de grande valia a aquisição desse material. Pois oferece ao seu leitor uma didática de aprendizado, que trará grandes resultados. Além de precisão na hora de resolver quaisquer cálculos que evolvam diretos trabalhista.

No Responses

Leave a Reply