Como organizar a sua vida financeira: 5 métodos infalivéis

Assim como a sua saúde, a vida financeira também precisa de cuidado e dedicação. Adquirir hábitos saudáveis como seu dinheiro é a melhor forma de economizar. Saiba como organizar a sua vida financeira.

Que dinheiro é bom ninguém tem dúvida. Ainda mais quando se tem dinheiro sobrando para realizar todos os desejos. No entanto, muitas pessoas têm dificuldade em organizar a sua vida financeira.

Nem sempre é fácil conseguir equilibrar o orçamento familiar. Muitas contas a pagar e poucos recebimentos resultam em uma equação negativa. Mas organizar a sua vida financeira é mais fácil do que você imagina!

Retome as rédeas da sua vida financeira

Passar por alguma dificuldade financeira em algum momento da vida não é privilégio para poucos. E se você já passou ou está passando por algum aperto no momento, saiba que existe solução.

Primeiramente, é necessário fazer um diagnóstico da sua situação atual. Fazer um levantamento de todos os rendimentos e gastos do mês. Faça uma planilha e anote todos os valores que você recebeu e que gastou.

O objetivo inicial é que você crie uma rotina de anotar todos os gastos. Até mesmo aqueles que pareçam insignificantes. Um café de R$ 4,00 por dia, no final de um ano esse valor será de R$ 1.460,00.

Em uma segunda etapa, é necessário classificar os gastos anotados. Eles podem ser definidos em supérfluo, essencial e investimento. Sobre os gastos supérfluos, o ideal é que eles não ultrapassem em 10% dos seus rendimentos.

Além disso, é importante estabelecer metas de curto, médio e longo prazo. Essas metas servem para te ajudar a organizar a sua vida financeira de uma forma a poupar, porém sem deixar de realizar seus sonhos.

O curto prazo representa os gastos mais amenos que serão realizados nos próximos 12 meses. No médio prazo, são gastos maiores a serem realizados em até 5 anos. E acima de 5 anos, deixe os gastos de maior impacto.

Mas se depois de tudo isso você perceber que não há mais onde cortar gastos, o que fazer? Talvez a solução seja em buscar alguma atividade extra que possa lhe trazer um rendimento a mais.

5 Métodos infalíveis para controlar os gastos

Cada pessoa encontra uma maneira mais adequada para controlar seus gastos. Alguns preferem anotar tudo em um caderno ou agenda. Outros preferem fazer planilhas eletrônicas.

Para outros, é mais fácil utilizar algum tipo de aplicativo no celular para anotar os gastos diários. Assim, não existe um único método perfeito. O ideal é aquele que se adequá ao seu estilo e que seja prático para ser utilizado.

O importante é não deixar passar nada. Qualquer centavo gasto deve ser anotado imediatamente. Esse processo de anotação deve se tornar um hábito diário, assim como escovar os dentes ou tomar banho.

organizar a sua vida financeira

Pechinchar também ajuda a poupar e organizar a sua vida financeira

Em alguns momentos, as compras grandes serão imprescindíveis. Mas pesquisar antes de comprar pode ter uma grande diferença no seu bolso. Buscar o mesmo produto em diversas lojas pode ser bem vantajoso.

Além disso, opte em pagar sempre à vista. A menos que a loja tenha condições de parcelamento sem juros. Mas se você tiver o dinheiro em mãos, ainda pode tentar negociar algum tipo de desconto com o vendedor.

Faça uma reserva dos seus rendimentos

Outra dica valiosa é você fazer uma reserva do dinheiro que ganha. Mesmo que seja para guardar na poupança. Mas ainda assim é um tipo de investimento seguro e que te ajuda a guardar.

O ideal é você tentar guardar entre 10% e 30% dos seus ganhos mensais. Quanto mais você conseguir poupar melhor. E quanto mais tempo esse dinheiro ficar na poupança, mais ele renderá.

Pagar todas as dívidas

Para conquistar a independência financeira, o ponto chave é quitar todas as dívidas. Verifique todas as contas que estão em atraso e coloque-as em dia. dê preferência para as mais antigas e de maior valor.

Entre em contato com os credores e renegocie os valores. Busque alternativas para diminuir os juros cobrados. Além disso, se você tiver dinheiro em mãos, pague à vista e tente garantir algum desconto.

Pratique o desapego

Praticar o desapego também é uma forma de organizar a sua vida financeira. Sabe aquele item que você não utiliza mais e tá só ocupando espaço na sua casa? Talvez ele possa servir para fazer dinheiro.

Sapatos, roupas, móveis e demais objetos. Faça uma lista desses objetos, tire fotos e faça um brechó. Você pode anunciar em sites, grupos de vendas e em lojas físicas.

Tenha paciência e seja persistente

Para quem está endividado, a urgência é enorme. Mas não será da noite para o dia que você irá consertar as dívidas que acumulou em anos. O planejamento é a melhor alternativa para saldar os débitos adquiridos.

Organizar a sua vida financeira requer paciência e persistência. Você deve adquirir uma rotina de anotações e controle. Saber quanto ganha e quanto gasta. E depois, basta saborear a tranquilidade de uma vida sem dívidas!




Leave a Reply