Como calcular desvio padrão: Calculo Relativo, Amostral e Excel

Quer aprender como calcular desvio padrão e muito mais sobre o assunto? Se sim, foi pensando em você que preparamos esse artigo completo para você. Aqui você encontrará tudo o que precisa para se tornar um craque no assunto.

É de extrema importância dominar esse conteúdo, principalmente você que está se preparando para os vestibulares e o ENEM.

Portanto, continue a leitura.

Você pode gostar de ler também:

O que é desvio padrão?

O desvio padrão é a medida que indica o grau de dispersão de uma coleção de dados numéricos. Portanto, o desvio padrão expressa qual a homogeneidade que essa coleção de dados apresenta. Por isso, quanto mais perto de zero for o desvio padrão, mais homogêneo e próximo do valor correto é o conjunto de dados.

Como calcular desvio padrão relativo

A fórmula do desvio-padrão pode aparentar ser um pouco complexa, mas se desmembrarmos ela, ficará mais fácil de entender.

Assim, siga os passos que vamos te mostrar e calcule corretamente o desvio padrão de uma amostra de dados numéricos.

  1. Primeiro passo: calcule a média aritmética do conjunto de dados numéricos.
  2. Segundo passo: calcule o quadrado da diferença entre cada valor e a média calculada no primeiro passo.
  3. Terceiro passo:some os valores obtidos no segundo passo da Etapa 2.
  4. Quarto passo: dívida pela quantidade de dados do conjunto numérico.
  5. Quinto passo: calcule a raiz quadrada do valor obtido no passo anterior.

Como calcular desvio padrão no Excel

É possível, também, calcular desvio padrão no Excel. Para isso organize a sequência de dados numéricos obtidos.

Feito isso, selecione uma célula e digite: =DESVPAD.A (intervalo dos dados numéricos).

Lembrando que você pode selecionar todas as células dos dados numéricos, separados por ponto e vírgula (;). Ou então, selecionar apenas o primeiro e último valor da sequência de dados numéricos.

Como calcular desvio padrão

Formula para calcular desvio padrão

A fórmula para calcular desvio padrão (DP) é a seguinte:

No qual,

∑ é a somatória, que indica a necessidade de somar todos os valores dos termos, desde a primeira posição (i=1) até a posição n.
xi: valor na posição i no conjunto de dados numéricos
MA: média simples dos dados numéricos
n: quantidade de dados numéricos

Como calcular desvio padrão amostral

Desvio padrão amostral de uma coleção ou conjunto de dados numéricos, é caracterizado como a medida de dispersão de cada dado a partir da média dos valores numéricos. Isso é possível calculando-se a raiz quadrada da variância amostral.

A variância amostral, nesse caso, se caracteriza como a unidade dos dados numéricos ao quadrado. Assim, considerando-se como medida de dispersão e não a variância, e sim, sua raiz quadrada. Dessa forma, podemos considerar a fórmula do desvio padrão da seguinte forma:

Considerando-se que a média dos valores da amostra.

Portando, a diferença entre desvio padrão e o desvio padrão amostral, se caracteriza pelos dados numéricos serem considerados como um todo (desvio padrão) ou apenas de uma amostra do todo (desvio padrão amostral).

Variância e Desvio Padrão

Variância se caracteriza como medida de dispersão. Ela é utilizada para demonstrar quanto uma coleção de dados numérico se distancia da média aritmética.

Dessa forma, o desvio padrão (DP) pode ser também caracterizado como a raiz quadrada da variância (V).

Ainda, o benefício de se utilizar o desvio padrão no lugar da variância é devido ao fato de que, o desvio padrão é determinado na mesma unidade dos dados, ajudando em uma possível comparação de dados.

A seguir veja alguns exercícios de desvio padrão.

Exercícios resolvidos

1) As meninas da equipe de nado sincronizado brasileira possue as seguintes alturas: 1,55 m; 1,63 m e 1,65 m. Qual é o valor da média e do desvio padrão da altura dessas atletas?

Considera n = 3.

2) Um aluno de química coleta os seguintes o seguinte conjunto de dados com 5 determinações: 0,15; 0,23; 0,29;0,21; 0,35. Determine o desvio padrão desses dados.

Média de altura das atletas no nado sincronizado é de 1,63 m de altura

Portanto, o desvio padrão do conjunto de dados numéricos desse aluno é de 0,156.

Esperamos que com esse artigo você tenha compreendido o que é desvio padrão, e como calculá-lo.

Não se esqueça de compartilhar essas informações.




Leave a Reply