Cálculo exato da vacina fracionada da Febre Amarela

A utilização da vacina fracionada da febre amarela vêm gerando polêmica no Brasil. Muitas pessoas questionaram a efetividade e os motivos para o fracionamento. Neste artigo, explicaremos como funciona o cálculo e qual o raciocínio matemático utilizado para essa medida.

Em termos gerais, a vacina fracionada tem uma relação de 1/5. Para cada dose padrão, o rendimento da dose fracionada é 5 vezes superior. Para chegar neste padrão de fracionamento, os órgãos de saúde realizaram estudos e teste em grupos específicos.

Como calcular a vacina fracionada?

A dose padrão da vacina da febre amarela é de 0,5 mL. Como a medida fracionada é de 1/5, esse valor final, correspondendo a uma fração, é de 0,1 mL. Isso quer dizer que se o público-alvo original fosse de 1 milhão de pessoas, é possível fazer uma ampliação para 5 milhões, um número significativo, principalmente em grandes centros com risco de epidemias.

Para chegar neste número, um estudo foi conduzido pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Biomanguinhos/Fiocruz). A dose padrão, quando analisada após 8 anos, tem uma presença de anti-corpos contra a doença de 88%.

vacina fracionada calculo

Vacina fracionada apresenta proporção de 1/5.

Analisando um grupo de 319 pessoas, o mesmo levantamento foi feito. Uma vacinação realizada em 2009 foi analisada em 2017. A taxa de anticorpos foi semelhante, chegando a 85,3%. A longo prazo, esse número por ser semelhante, porém ainda não existem estudos definitivos.

Portanto, por pelo menos 8 anos, o desempenho é semelhante e comprovado matematicamente. Através dessa medida é possível economizar em 4/5 ou potencializar as campanhas na mesma proporção através da ampliação dos grupos alvo.

Como são fracionadas vacinas?

Para fracionar vacinas, o cálculo é o mais simples possível. Basta fazer a equiparação através de uma fórmula matemática, lembrando que essa efetividade deve ser testada. Para concluir qual o nível de fracionamento, é necessário realizar testes com diferentes grupos e diferentes doses, além da necessidade de um longo tempo de análise, algo que poderá garantir dados mais precisos.

Mesmo com o estudo, a vacina fracionada não garante o Certificado Internacional de Vacinação, ou seja, para os interessados em viagens internacionais, será necessária a dose padrão.

Como calcular imunidade?

Para calcular a imunidade, é necessária a realização de exames. O corpo tem sua imunidade natural, que pode estar baixa, além das vacinações que apresentam níveis de anticorpos. As vacinas não apresentam 100% de efetividade, mesmo aquelas que teoricamente deveriam durar a vida toda.

A vacina da Hepatite B, por exemplo, pode necessitar de um reforço algumas décadas após sua aplicação. Para determinar seu nível de imunidade contra determinadas doenças, são necessários exames específicos.



Leave a Reply