Cálculo Adicional de Insalubridade

Os trabalhos ou atividades classificadas como insalubres são aquelas que “por sua natureza, condições ou métodos de trabalho exponham os empregados a agentes nocivos à saúde”, define Gisele Accarino Martins. Por isso, essas pessoas que se sujeitam a ser expostas a esses riscos recebem um adicional no valor final do salário. Porém, muitas pessoas tem dúvidas sobre como fazer o cálculo adicional de insalubridade.

Pensando nisso, preparamos esse artigo para você. Aqui você irpa esclarecer dúvidas comuns sobre o assunto, aprender a realizar os cálculos e ainda terá acesso a nossa calculadora que desenvolvemos para tornar sua vida muito mais prática.

Pode ser usada sempre que houver necessidade.

Muito bom não é?

Então, quer saber como fazer o cálculo adicional de insalubridade e muito mais? Continue conosco!!

Você pode gostar de ler também:

O que é adicional de periculosidade

Antes de saber como fazer o cálculo adicional de insalubridade é importante entender um pouco sobre esse direito.

O adicional de periculosidade, como já foi mencionado, é concedido quando o trabalhador não está exposto de forma direta aos agentes nocivos à saúde, porém corre riscos de vida instantâneo (ferimentos graves e letais). Quando o adicional for de periculosidade, o trabalhador receberá 30% em cima do seu salário-base.

É obrigação do empregador conceder os 30% do adicional de periculosidade, o não pagamento dos valores adicionais é considerado crime contra o trabalhador e a consequência será indenização, principalmente se houver falecimento durante o expediente de trabalho.

Exemplos de periculosidade

  • Técnicos de companhia de eletricidade;
  • Operadores de máquinas.

O que é adicional de insalubridade

Já o adicional de insalubridade é concedido principalmente para aqueles que trabalham com agentes químicos. Esse adicional é dado quando o trabalhador corre riscos futuro ao longo do seu tempo de trabalhado. Os agentes químicos podem ser considerados: Petróleo, Combustíveis, Produtos de limpezas.

O Cálculo de Adicional de Insalubridade é feito com base nos agentes químicos que o trabalhador está operando. Os valores variam entre 10, 20 e 40% (máximo).

Não há uma tabela informando quem deve ganhar 10, 20 ou 40% do valor do salário-base, normalmente a empresa empregadora estipula esses valores.

Exemplos de insalubridade

  • Trabalhos em postos de gasolina;
  • Trabalho com confecção de produtos de limpeza.

No site oficial do ministério do trabalho é possível encontrar as normas regulamentadoras sobre as atividades e operações insalubres.  Estão disponíveis 14 anexos explicando todos os graus de insalubridade detalhadamente.

Adicional de insalubridade

Cálculo Adicional de Insalubridade

É direito do trabalhador e obrigação do empregador conceder o adicional de insalubridade (quando a atividade for detectada insalubre). Após o Cálculo de insalubridade, os trabalhadores deverão receber os valores que podem variar entre 10, 20 e 40% pois já foi constatados que diversas atividades podem trazer problemas ao longo dos anos trabalhados, mesmo após a aposentadoria.

O Cálculo de insalubridade é feito em cima do salário-base, desta forma:

João recebe 1200 e tem o seguinte grau de insalubridade para receber “20%”.

Logo, joão fará o seguinte cálculo:  1200*20/100

1200*20 = 24000

24000/100 = 240

Logo, João receberá o valor de 1200 (salário) + 240 (insalubridade). O total a receber será de R$ 14400,00.

Calculadora

Para facilitar o cálculo, há logo abaixo a calculadora que ajudar a fazer o Cálculo de insalubridade de forma mais prática.

Basta selecionar o grau de insalubridade, digitar o seu salário e clicar em calcular. Logo abaixo será mostrado o valor de insalubridade que o trabalhador deverá receber.

Document
10%
20%
40%












Esse artigo foi útil? Compartilhe com os seus amigos.

Ficou com dúvidas sobre como fazer o cálculo adicional de insalubridade? Deixe nos comentários.




Leave a Reply