Como calcular o ponto de equilíbrio financeiro da sua empresa

Você sabe qual o ponto de equilíbrio financeiro da sua empresa? Sabe ao menos o que significa este termo?

Os economistas usam o termo equilíbrio para descrever o equilíbrio entre oferta e demanda no mercado. Sob condições ideais de mercado, o preço tende a se estabelecer dentro de uma faixa estável quando a produção satisfaz a demanda do cliente por esse bem ou serviço.

O equilíbrio é vulnerável a influências internas e externas. A aparência de um novo produto que perturba o mercado, como o iPhone, é um exemplo de influência interna. O colapso do mercado imobiliário como parte da Grande Recessão é um exemplo de influência externa.

Muitas vezes, os economistas precisam lidar com grandes quantidades de dados para resolver equações de equilíbrio. Este guia passo a passo orientará você e mostrará como solucionar esses problemas. Vamos começar:

Qual é o ponto de equilíbrio financeiro?

Na contabilidade, o ponto de equilíbrio refere-se às receitas necessárias para cobrir o montante total de despesas fixas e variáveis ​​de uma empresa. As receitas podem ser expressas em reais, em unidades, horas de serviços prestados, etc.

Os cálculos de equilíbrio baseiam-se no pressuposto de que a mudança nas despesas de uma empresa está relacionada à mudança nas receitas. Essa suposição pode não ser verdadeira pelos seguintes motivos:

  • É provável que uma empresa tenha muitos produtos diversos com diferentes graus de lucratividade .
  • Uma empresa pode ter muitos clientes diferentes com demandas variadas de atenção especial . Portanto, algumas despesas aumentarão por outras razões além da venda de unidades adicionais de produto.
  • Uma empresa pode estar vendendo em vários mercados . Isso pode resultar em preços de venda em um mercado ou país inferiores aos preços de venda em outro mercado ou país.
  • A empresa pode observar flutuações frequentes em seu mix de vendas .

O cálculo básico do ponto de equilíbrio financeiro em reais de vendas para um ano é: despesas fixas (produção fixa, despesas comerciais, gerais e administrativas fixas, juros fixos) para o ano dividido pela proporção ou porcentagem da margem de contribuição .

Se assumirmos que as despesas fixas de uma empresa são de R$ 480.000 por um ano. As despesas variáveis ​​(fabricação variável, juros variáveis) são em média R$ 8 por unidade de produto. Os preços de venda são em média R$ 20 por unidade (resultando em uma margem de contribuição de R$ 12 ou 60% do preço de venda). Teremos:

  • O ponto de equilíbrio financeiro em reais de vendas é de R$ 800.000 [R$ 480.000 dividido por 60%].
  • O ponto de equilíbrio financeiro em unidades de produto é de 40.000 [R$ 480.000 dividido por R$ 12 por unidade].

ponto de equilíbrio financeiro

Formas de calcular o ponto de equilíbrio

Existem algumas forma de calcular o ponto de equilíbrio, confira abaixo algumas dessas maneiras:

Usando álgebra

O preço e a quantidade de equilíbrio em um mercado estão localizados na interseção da curva de oferta de mercado e da curva de demanda do mercado.

Embora seja útil ver isso graficamente. Também é importante ser capaz de resolver matematicamente o preço de equilíbrio P * e a quantidade de equilíbrio Q * . Isso quando são dadas curvas específicas de oferta e demanda.

Relacionando suprimento e demanda

A curva de oferta inclina-se para cima.Desde que o coeficiente em P na curva de oferta é maior que zero. E a curva de demanda inclina para baixo. Desde que o coeficiente em P na curva de demanda é maior que zero.

Além disso, sabemos que em um mercado básico o preço que o consumidor paga por um bem é o mesmo que o preço que o produtor consegue manter para o bem. Portanto, o P na curva de oferta tem que ser o mesmo que o P na curva de demanda.

O equilíbrio num mercado ocorre quando a quantidade fornecida nesse mercado é igual à quantidade demandada nesse mercado. Portanto, podemos encontrar o equilíbrio definindo oferta e demanda iguais entre si e, em seguida, resolvendo para P.

Resolvendo P * e Q *

Uma vez que as curvas de oferta e demanda são substituídas na condição de equilíbrio, é relativamente simples de resolver para P. Esse P é referido como o preço de mercado P *. Pois é o preço em que a quantidade fornecida é igual à quantidade demandada.

Para encontrar a quantidade de mercado Q *, simplesmente conecte o preço de equilíbrio na equação de oferta ou demanda. Note que não importa qual você usa. Pois o ponto principal é que eles têm que lhe dar a mesma quantidade.

Comparação com a solução gráfica

Como P * e Q * representam a condição em que a quantidade fornecida e a quantidade demandada são iguais a um determinado preço. É, de fato, que P * e Q * representam graficamente a interseção das curvas de oferta e demanda.

Geralmente, é útil comparar o equilíbrio que você encontrou algebricamente na solução gráfica para verificar novamente se nenhum erro de cálculo foi feito.

gráfico ponto de equlíbrio

O que aumenta um ponto de equilíbrio financeiro?

O ponto de equilíbrio financeiro aumentará quando o montante de custos e despesas fixas aumentar. O ponto de equilíbrio financeiro também aumentará quando as despesas variáveis ​​aumentarem sem um aumento correspondente nos preços de venda.

Uma empresa com muitos produtos pode ver seu ponto de equilíbrio aumentar quando o mix de produtos muda. Em outras palavras, se uma maior proporção de produtos de menor margem de contribuição for vendida, o ponto de equilíbrio aumentará. (A margem de contribuição é o preço de venda menos as despesas variáveis.)

Veja também:

Aliás, qual é a fórmula do ponto de equilíbrio?

A fórmula para a determinação do ponto de equilíbrio em unidades de produto vendido é: Total de despesas fixas divididas pela margem de contribuição por unidade.

Por exemplo, se as despesas fixas totais de uma empresa para um ano forem de R$ 300.000. A margem de contribuição for de R$ 4 por unidade (preço de venda de R$ 10 por unidade menos despesas variáveis de R$ 6 por unidade). O ponto de equilíbrio da empresa nas vendas para o ano é de 75.000 unidades.

Para uma empresa de serviços, as unidades podem ser as horas da empresa faturadas aos clientes. Por exemplo, se a empresa tiver despesas fixas totais de R$ 300.000 por ano. Uma margem de contribuição de R$ 40 por hora faturável (taxa de faturamento por hora de R$ 100 menos despesas variáveis ​​de R$ 60 por hora). O ponto de equilíbrio do ano é 7.500 horas cobradas a R$ 100 por hora.

A fórmula para determinar o ponto de equilíbrio em reais de produto ou serviços é o total de despesas fixas divididas pelo índice de margem de contribuição (ou%). Por exemplo, se uma empresa tiver despesas fixas totais para um ano de R$ 300.000. Uma relação de margem de contribuição de 40%. O ponto de equilíbrio para o ano em reais de receita será de R$ 750.000.

A fórmula do ponto de equilíbrio financeiro é excessivamente simplista para calcular o ponto de equilíbrio financeiro de uma empresa. Se a empresa tiver uma ampla variedade de produtos e ou serviços com margens de contribuição variadas e índices de margem de contribuição.




Leave a Reply