Como Calcular Margem de Lucro: Margem Bruta e Margem líquida

Calcular sua margem de lucro é crucial para entender a saúde do seu negócio e é uma indicação chave do desempenho geral dos negócios.

Melhorar sua margem de lucro significa que há mais dinheiro no negócio para impulsionar o crescimento. Conhecer suas margens ajuda você a definir preços, mas também lhe dá espaço para se movimentar ao competir em preço no caso de um período de crise.

Por outro lado, margens mais apertadas podem indicar a necessidade de melhorias críticas nos negócios. Na pior das hipóteses, cortes podem ser necessários. Mas antes de tomar qualquer decisão, vamos nos inteirar do assunto.

Abaixo vou falar tudo sobre margem de lucro, quais os tipos, o que são e muito mais. Sem mais delongas, vamos começar:

O que é uma margem de lucro?

Uma margem de lucro expressa quanto de cada 1 real de vendas uma empresa mantém em seus ganhos. Leva em conta os custos de servir os clientes para encontrar o lucro real. Bem simples a definição, não acha?

Mas tenha certeza, que trabalhar com margem de lucro não é tão simples, por isso, confira todo conteúdo que preparamos para você.

Como calcular a margem de lucro: 

Existem três tipos de margens de lucro: bruta, operacional e líquida. Você pode calcular todos os três dividindo o lucro (receita menos custos) pela receita. Multiplicar esse número por 100 dá a você sua porcentagem de margem de lucro. No entanto, você calcula cada margem de lucro usando uma medida diferente de lucro.

margem de lucro calcular

Margem de Lucro Bruto VS. Margem de Lucro Líquido

Existem dois tipos de margem de lucro que são comumente referidos nos negócios. Margem de lucro bruto e margem de lucro líquido. Quando você está procurando entender como calcular a margem de lucro, primeiro você precisa distinguir entre os dois cálculos.

Vamos entender a diferença dessas duas margens:

Lucro bruto

O lucro bruto calcula a receita total de seus produtos ou serviços menos o custo desses bens ou serviços (algumas vezes chamado de COGS). Assim, as únicas despesas incluídas são aquelas diretamente relacionadas à criação desses bens e serviços específicos. Outras despesas, como folha de pagamento, aluguel, serviços públicos e outras despesas comerciais não estão incluídas neste cálculo.

Os números usados ​​para calcular seu lucro bruto podem ser encontrados em sua Demonstração de Lucros e Perdas (P & L ). A linha superior dos P & L é sua receita e o custo das mercadorias vendidas (COGS) reflete as despesas diretas desses bens ou serviços. O seu lucro bruto é calculado subtraindo o custo de bens e serviços da sua receita.

Lucro líquido

O lucro líquido difere na medida em que inclui todas as despesas do negócio, não apenas o custo direto de bens ou serviços. Essas despesas incluem custos operacionais regulares, como serviços públicos, folha de pagamento e outras despesas típicas recorrentes, mas também incluem pagamentos únicos, como impostos e faturas de contratados.

Qualquer receita adicional não relacionada à venda de bens ou serviços, como receita de investimento, deve ser contabilizada também.

Ao incluir todas as despesas de negócios em um cálculo de lucro líquido, surge uma imagem mais detalhada da saúde do negócio.

Veja também:

Como calcular margens de lucro

Abaixo vamos demonstrar em passos simples, como você pode calcular sua margem de lucro bruto e também lucro líquido. Confira:

1- Margem de Lucro Bruto

lucro bruto / receita total x 100 = uma porcentagem da receita retida como lucro após a contabilização do custo dos bens ou serviços

Exemplo:

A receita da linha superior de seu P & L é de R$ 10.000,00

custo de bens ou serviços de seu P & L é de R$ 8.000,00

Seu lucro bruto é de R$ 10.000,00 – R$ 8.000,00 = R$ 2.000,00

A margem de lucro bruto é de R$ 2.000,00 / R$ 10.000 x 100 = 20%

2- Margem Líquida de Lucro

Receita da linha superior de seu P & L é R$ 10.000,00

Custo de bens ou serviços de seu P & L é R$ 8.000,00

Todas as outras despesas são adicionais R$ 1.000,00

Seu lucro líquido é R$ 10.000,00 – R$ 8.000,00 – R$ 1.000,00 = R$ 1.000,00 (este valor pode ser encontrado na linha inferior do seu P & L)

A margem de lucro líquido é de R$ 1.000,00 / R$ 10.000,00 x 100 = 10%

É importante entender como calcular a margem de lucro para ter uma compreensão completa da saúde do seu negócio. Na verdade, tanto a margem de lucro bruto quanto a margem de lucro líquido são dois indicadores-chave de desempenho (KPIs) comuns que as empresas monitoram de perto.

Acompanhar e entender sua margem de lucro é fundamental para impulsionar o crescimento dos negócios. Isso ajuda a definir preços. As margens de lucro também ajudam a identificar e reagir a problemas, ajudando você a descobrir problemas em seus negócios e agir antes que seja tarde demais.

Quais são as margens padrão?

Como proprietário de uma empresa, você sabe que duas empresas não são iguais. Conhecer a margem de lucro média para empresas pode ser difícil.

A margem média depende de muitos fatores diferentes. Considere o tipo de empresa que você administra, o número de funcionários que possui e o local da empresa. Sistemas operacionais, uso de ativos de negócios e gerenciamento de inventário também afetam a margem de lucro.

Você não pode comparar sua margem de lucro com empresas que operam em outros setores. Cada indústria tem suas próprias médias. A seguir, são indústrias comuns e suas margens de lucro médias:

  • Vestuário de varejo: 7% a 12%
  • Telecomunicações: 10% a 15%
  • Fabricação de equipamentos: 6% a 10%
  • Lojas de eletrônicos: 5% a 8%

Lembrando que essa média nem sempre é respeitada. Sabemos que a fiscalização em nosso país não é das melhores, sendo assim, muitas empresas acabam cobrando taxas bem maiores. Por outro lado, empresas que não possuem nenhum conhecimento, acabam cobrando taxas bem menores, pensando em “competir”.

Como melhorar a margem de lucro

Para uma margem de lucro maior, talvez seja necessário fazer algumas alterações. Você precisa reduzir custos e aumentar as vendas para melhorar a margem de lucro.

Para diminuir seus custos:

  • Cortar ofertas que não vendem. Esses itens ocupam espaço e não são convertidos em reais.
  • Alterar fornecedores. Compre ao redor para ver se você pode obter um melhor negócio de um fornecedor diferente. Mas antes de alterar seus fornecedores, lembre-se que deve pesquisar muito. O segredo do sucesso de muito, são seus fornecedores.
  • Reduzir o desperdício. Não compre itens desnecessários e reduza as despesas comerciais procurando soluções alternativas para os processos atuais, como criar um escritório sem papel .

Para aumentar suas vendas:

  • Desconto de inventário antigo. Livre-se do inventário antigo vendendo itens por menos.
  • Aumente seus preços. Se você usou a mesma estratégia de preços desde o primeiro dia, talvez seja hora de aumentar os preços para que correspondam à sua experiência.
  • Melhore a retenção de clientes. Aquisição pode ser cara. Envolva-se nas mídias sociais e use estratégias de venda cruzada para manter os clientes atuais.


Leave a Reply