O que são FIIs? Fundo de Investimento Imobiliário

Muitas pessoas desejam investir em imóveis, mas acham que é para quem tem muito dinheiro. Isso porque ainda não conhecem o Fundo de Investimento Imobiliário (FIIs).

Fundo de Investimento Imobiliário (FII) nada mais é do que a união de vários investimentos imobiliários. Assim você não investe em apenas um imóvel e sim em um conjunto. E torna-se proprietário de uma parte de um ou mais imóveis que constituem aquele fundo.

FIIs como funciona?

O objetivo principal dos FIIs é a aquisição de imóveis comerciais para ter rendimentos através de aluguel. O investidor precisa abrir uma conta em uma corretora para poder fazer a compra dos fundos que deseja investir.

O grupo tem um gestor que é responsável pelas medidas administrativas e manutenção do imóvel em nome dos demais investidores. Também tem a função de investir em ativos imobiliários e de dívidas imobiliárias.

Após associar-se, em poucos dias já começa a contar o pagamento dos dividendos. Esses são gerados a partir da renda do imóvel adquirido pelo fundo.

O pagamento é mensal e é isento de tributações do Imposto de Renda.

Por que investir em FIIs?

Investir em imóveis pode ser uma ótima fonte de renda e um negócio muito lucrativo. Porém, no Brasil isso se torna difícil pois o investimento inicial normalmente é alto. E também não é fácil achar um bom locatário ou um comprador do imóvel em questão.

E isso sem mencionar a burocracia que é para registrar um imóvel e os gastos com o registro e impostos. Por conta disso, que atualmente o número de investidores é muito baixo.

No entanto, com o FIIs investimento esse processo se torna bem mais simples. Isso por que não precisa de um valor muito alto para começar a investir.

Você pode começar com um investimento inicial de apenas R$ 20,00.

O que são FIIs

Quais as vantagens e desvantagens do Fundo de Investimento Imobiliário?

O investidor recebe os rendimentos mensalmente, como se recebesse um aluguel de um imóvel próprio. Pode ser feito por qualquer pessoa que deseja investir, pois o valor inicial é baixo. E é um processo prático e rápido, bem parecido com a compra de ações.

Outra vantagem é a valorização das cotas. Isso significa que você pode vender sua parte do investimento por um valor maior do que você comprou. Mais ou menos como funciona a transação de ações de uma empresa.

Uma desvantagem é que você não pode resgatar o valor de sua cota antes de um prazo estipulado pelo fundo. A não ser que você venda na Bolsa de Valores.

E também têm os riscos e perigos intrínsecos do mercado imobiliário como em qualquer outro investimento.

Como são os rendimentos do FII?

Para quem quer investir no ramo imobiliário, o Fundo de Investimento Imobiliário é a forma mais rápida e rentável. Porém os rendimentos podem variar. Isso acontece devido a fatores como situação do setor, estruturação do imóvel e valor das cotas.

Os imóveis que possuem uma boa localização geralmente têm um retorno mais lucrativo que aqueles em localização mais afastada. Os aluguéis dos imóveis do Fundo também podem sofrer alterações.

Outro ponto a favor é quando os imóveis estão alugados. Nesse caso a FII rentabilidade é mais alta do que quando não tem inquilinos. E também lembrando que é isenta de tributações. Isso tudo torna os FIIs uma opção muito lucrativa e bastante interessante.

Tem algum custo?

Como todo fundo de investimento, os Fundos de Investimento Imobiliário também acarretam alguns custos que devem ser destacados antes de fazer uma aplicação. São eles:

  • Taxa de administração: um valor percentual que é cobrado conforme o Fundo e o administrador;
  • Taxa de performance: uma recompensa paga ao gestor quando o desemprenho do Fundo ultrapassa o benchmark;
  • Taxa de colocação: comissão pela comercialização das cotas dos FIIs.

Gostou do artigo?

Compartilhe, deixe seu comentário ou sua opinião sobre o Fundo de Investimento Imobiliário.



Leave a Reply