Como calcular o patrimônio

Calcular o patrimônio – Para uma empresa alcançar o sucesso desejado, é preciso planejar muito e criar diversas estratégias para atingir os objetivos. Todos esses caminhos até o êxito, necessitam de uma pessoa que conheça a fundo o negócio e tenha em mãos todos os detalhes do mesmo.

Veja também:

Saber o patrimônio total da sua empresa, ou seja, quanto realmente ela vale, é essencial para traçar as estratégias corretas e saber negociar as propostas para seu negócio. Então aprenda a calcular o patrimônio e mude sua vida.

Calcular o Patrimônio

O patrimônio da sua empresa corresponde ao valor total que ela possui no mercado. Ter noção desse valor é importante em diversos momentos na trajetória de uma organização. Por exemplo, para tomar a decisão certa no que investir, é preciso saber quanto vale a empresa e se isso é relevante para a mesma.

Além disso, valoriza a organização na hora de conversar com possíveis investidores e ainda, se um dia você precisar ou querer vender, não vai correr o risco de perder dinheiro nessa transação.

Ele abrange todos os bens, direitos e obrigações de uma empresa. Os primeiros, bens e direitos, formam a parte positiva do patrimônio, chamada de Ativo. Já as obrigações representam a parte negativa, chamada de Passivo.

calcular o patrimônio

Bens

Os bens são tudo que possui valor econômico e que pode ser convertido em dinheiro. Eles podem ser classificados em Bens Móveis (dinheiro, veículos, móveis, máquinas), Bens Imóveis (edifícios, terrenos, construções), Bens Tangíveis (veículos, terrenos, dinheiro, estoques) e Bens Intangíveis (a própria marca, ponto comercial, patente de invenção).

Direitos

Os direitos são recursos que a empresa tem a receber e que podem gerar benefícios presentes ou futuros. Alguns exemplos são as parcelas de uma venda a prazo, duplicatas a receber, aluguéis a receber, etc.

Obrigações

Aqui entram as dívidas, valores a serem pagos a terceiros, etc. Bons exemplos de obrigações de uma empresa são os salários a apagar, fornecedores, impostos, etc.

Patrimônio Líquido

O Patrimônio Líquido representa a riqueza real da empresa, o que sobra depois de pagar as dívidas. Ele é a diferença entre os valores do patrimônio ativo e do passivo. É aqui que você descobre o valor real da sua empresa. Para calcular esses valores, é fácil:

Patrimônio ativo (soma dos bens e direitos) – Patrimônio passivo (obrigações).

Exemplo:

Patrimônio ativo de R$ 100.000,00 e Patrimônio passivo de R$ 40.000,00.

A conta fica então: R$ 100.000,00 – R$ 40.000,00 = R$ 60.000,00.

Ou seja, o patrimônio líquido da sua empresa (quanto realmente ela vale) é de 60 mil reais.

Fluxo de Caixa

É importante também acompanhar o fluxo de caixa da sua empresa. Você precisa analisar frequentemente esse fluxo para constatar se a empresa tem capacidade de gerar riquezas no futuro e se ele traz lucros ou não. Verificando dessa forma, além de entender o fluxo de caixa, você pode prever como ela vai render nos próximos anos.

Comparação por múltiplos

Aqui, você vai precisar se comparar com outras empresas do mercado. Escolha empresas que possuem o negócio semelhante ao seu, ou seja, que pertencem a uma mesma área e atender os mesmos perfis de clientes. Se o negócio que você escolher não tiver relação nenhuma com o seu, não há como haver uma comparação específica. Comparar-se dessa forma, ajuda você a se analisar perante aos concorrentes e entender suas diferenças, onde você está errando e onde está acertando.

Depois de conhecer essas dicas de como calcular o seu patrimônio, já tente colocar as estratégias em prática imediatamente, quanto mais cedo você souber o valor da sua empresa e quais são suas capacidades, mais vantagens chegarão até você.

Gostou das nossas informações sobre calcular o patrimônio? Tem dúvidas? Use o espaço dos comentários.

Como calcular o patrimônio
Gostou? Deixe seu voto.

Leave a Reply