Como calcular 1/3 de férias, Calcule aqui

Como calcular 1/3 de férias – Alguns trabalhadores ainda não conhecem os seus direitos quando estão com vínculos empregatícios. As pessoas passam despercebidas e não usufruem dos seus benefícios por falta de atenção em alguns detalhes ou requisitos.

Perante os artigos 129 e 130 da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), todos os trabalhadores que estão contratados no regime CLT, ou seja, com a carteira devidamente assinada têm direito de tirar as férias após 1 ano de trabalho.

As férias nada mais é que 30 dias de descanso remunerado.

Veja também:

Quem tem direito a tirar férias?

Todos os trabalhadores que já possuem 12 meses (um ano) de trabalho e registrado no regime CLT poderá tirar férias. O que poucos sabem é que as férias serão concedidas nas datas em que a empresa julgar viável.

Na maioria das vezes o funcionário entra em acordo com a empresa para solicitar o seu afastamento das atividades nas datas já planejadas pelo mesmo. Essa é uma prática comum que acaba dando certo na maioria das empresas.

Quando se perde o direito de tirar as férias

Perante o artigo 133 da CLT o trabalhador poderá perder o direito de tirar as férias nas seguintes condições:

  • Quando o colaborador deixa o emprego e não é readmitido em até 60 dias subsequentes à sua saída;
  • O trabalhador que está em licença e recebendo salário por mais de 30 dias no período de um ano;
  • Em caso de paralisações por mais de 30 dias remunerados;
  • O trabalhador afastado pela Previdência Social por acidente de trabalho ou auxílio-doença por mais de 6 meses.

Faltas e solicitação de férias

Alguns trabalhadores se questionam o porque do tempo das férias ter sido reduzido. Na maioria dos casos essa redução nos dias das férias se da por conta das faltas durante o ano trabalhado. Entenda:

  • até 5 faltas: 30 dias de férias;
  • 6 a 14 faltas: 24 dias de férias;
  • 15 a 23 faltas: 18 dias de férias;
  • 24 a 32 ausências: 12 dias de férias.

Como calcular 1/3 de férias

O cálculo das férias é realizado da seguinte forma:

Valor base = (Salário bruto + Média de hora extra) / 30 x Dias de férias usufruídas

Cálculo férias 15 dias

João recebe um salário de R$ 1.500,00 (bruto) e teve uma média de R$ 300,00 de adicionais (horas extras, adicional noturno e outros) e pretende tirar 15 dias de férias, o cálculo será feito da seguinte forma:

Valor base = (1500+ 300) / 30 x 15 = R$ 900,00

Logo joão receberá R$ 900,00 nas férias.

Como calcular 1/3 de férias

Caso joão queira tirar as férias total (30 dias) basta substituir o 15 por 30, o exemplo será mostrado abaixo.

Cálculo férias 30 dias

Valor base = (Salário bruto + Média de hora extra) / 30 x 30 dias.

Pedro recebe um salário de R$ 2.300,00 (bruto) e teve uma média de R$ 280,00 de adicionais (horas extras, adicional noturno e outros) e pretende tirar 30 dias de férias, o cálculo será feito da seguinte forma:

Valor base = (2300+ 280) / 30 x 30 = R$ 2580,00

Logo joão receberá R$ 2580,00 nas férias.

Terço de férias (1/3)

Além do valor de R$ 2580,00 o trabalhador também tem o direito de receber 1/3 (um terço) em cima do valor encontrado no cálculo.

Para saber Como calcular 1/3 de férias basta seguir a seguinte forma:

Total = R$ 2580,00

Cálculo = (2580 / 3) = 860

860 + 2580 = 3440

Para melhorar o entendimento: Basta que o trabalhador pegue o total do valor encontrado acima, que é a soma do seu salário bruto mais o total de ganhos extras, divida essa soma por 30 e some por trinta (caso tenha pego férias de 30 dias, se for férias de 15 dias, basta multiplicar por 15). O valor encontrado será utilizado para fazer o cálculo do terço das férias (1/3).

Calculadora

Document
Categorias

30 Dias
15 Dias
20 Dias
10 Dias
1/3












O cálculo é realizado com a divisão do valor encontrado acima por 3, que foi de 2580 (2580/3 =860) após chegar nesse valor, basta somar com o resultado do primeiro cálculo que é 2580. O total será de R$ 3.440,00.

Como calcular 1/3 de férias, Calcule aqui
3 (60%) 10 votes

Comments (4)

  1. Kledson Santos
    • Cálculo Exato
  2. Edenildo Roseno de Souza
  3. [email protected]

Leave a Reply