Calcular Pedágio – Saiba como funciona e faça cálculos precisos de trajetos

Calcular Pedágio – Saiba como funciona e faça cálculos precisos de trajetos!

No Brasil todo, diversas rodovias são geridas por concessionárias. Essas empresas são responsáveis pela manutenção, sinalização e suporte dos motoristas. Para esse serviço, cobram uma tarifa.

Algumas vezes, esse valor pode parecer exorbitante quando comparado a condição das pistas, por isso uma dúvida comum é: como é feito o cálculo do pedágio? E além disso, como calcular quanto vou gastar de pedágio?

Aqui nós vamos lhe explicar como surgem essas cotações e quais as melhores opções para você, de forma automatizada, saber quanto vai gastar, tanto de pedágio quanto de combustível.

Como é feito o cálculo do Pedágio?

Primeiro é importante entendermos que as rodovias não são das concessionárias. Elas tem uma concessão, ou seja, um direito de uso daquele espaço por um tempo determinado. A cotação dos valores é feita pela empresa em parceria com o Governo e os órgãos responsáveis. Todos os reajustes são definidos através de negociações.

De forma geral, a tarifa é feita com a multiplicação da TQ (tarifa quilométrica), que é um valor básico por quilômetro da rodovia), pela TCP, que é o trecho de cobertura da praça de pedágio, ou seja, a fração que corresponde a concessionária, tendo em vista que algumas só assumem trechos específicos.

calcular pedágio

Então, num cálculo lógico: Quanto maior a cobertura de uma praça de pedágio, maior será seu valor. Se duas praças, numa mesma rodovia, tem valores iguais, a tendência é que tenham cobertura igual dentro daquele trecho.

Esse valor do pedágio é revertido em manutenções da via e também ao pagamento de uma taxa, ISS, aos municípios que fazem parte do entorno. Estados como São Paulo e Rio Grande do Sul são recordistas no número de pedágios.

Calcular pedágio e combustível de trajeto

As informações sobre a formulação de valores são muito interessantes, mas você quer mesmo saber é quanto vai gastar. Para isso, separamos uma ótima opção. Já pensou em ter um sistema semelhante ao Google Maps, em que você coloca o ponto de partida e chegada e já saberá quanto gastará de pedágio? E é ainda melhor, inserindo informações como o preço da gasolina e a média de km/L do veículo, você consegue ter o custo médio total do trajeto.

Tudo isso pode ser feito através do site Mapeia. Com uma página de carregamento leve e utilização intuitiva, você em poucos minutos terá todos os detalhes e saberá em quais pedágios passará na sua rota. Além disso, você pode fazer cotações de rotas alternativas e entender qual será a diferença de valores.

Fique atento a sinalização. Furar pedágio gerará uma multa de mais de R$ 100 e ainda cinco pontos na carteira. Se você chegar sem dinheiro na concessionária, dependerá do sistema de cada uma.

Algumas oferecem pagamentos alternativos, como a emissão de boletos bancários, porém esse é um procedimento que demora e com certeza atrasará sua viagem.

Antes de sair de casa, não esqueça de calcular pedágio, faça todas as cotações e defina uma rota, passando ou não pelos pedágios. Tome cuidado, tentar cortar os pedágios pode ser uma ideia com pouco resultado, tendo em vista que você estará exposto a pistas que podem ter baixa qualidade e segurança, além de aumentar a distância, algo que na soma com o combustível, pode ter relação custo x benefício ruim.

Conclusão

Agora que você sabe como calcular pedágio e como são feitos estes cálculos, ma dica importante é saber o quanto vai percorrer na sua viagem, quantas pessoas irão participar da viagem, assim poderá já saber antecipadamente o valor que vai gastar e ainda poderá dividir os custos de pedágio e gasolina.

Calcular Pedágio – Saiba como funciona e faça cálculos precisos de trajetos
5 (100%) 1 vote

Leave a Reply