Calcular 13° com horas extras: Entenda como funciona

Poucas pessoas sabem, mas se durante o ano houve contabilização de horas extras, o décimo terceiro salário sofre acréscimo proporcional as mesmas. Saiba sobre calcular 13° com horas extras.

O décimo terceiro é um direito dos trabalhadores brasileiros, o qual é concedido anualmente e que deve ser pago integralmente até o final do mês de dezembro.

Geralmente, este beneficio é pago em duas parcelas, a primeira ocorre entre os meses de fevereiro a novembro e a segunda até dezembro. Ao total, o trabalhador recebe um salário a mais como 13º, desde que tenha trabalhado durante todo o ano na empresa.

Poucas pessoas sabem, mas quem trabalhou com horas extras durante o ano, terá acréscimo no beneficio. Porém, é necessário seguir alguns requisitos.

Saiba a seguir como calcular 13º com horas e se informe sobre o tema!

O que é o 13º?

O décimo terceiro é também conhecido pelo nome de “gratificação natalina”, trata-se de um beneficio que deve ser pago anualmente a todos os trabalhadores registrados.

Quem paga o 13º é a empresa que contrata, sendo que o valor pode ser dividido em duas vezes. A primeira parcela corresponde a 50% do valor do benefício e a segunda corresponde aos 50% restante menos o desconto do INSS e imposto de renda (quando houver).

Qual é o valor para calcular 13° com horas extras ?

O valor do décimo terceiro varia em função de dois fatores, os quais: quantidade de meses trabalhados durante o ano e valor do salário mensal.

Para saber o valor, basta dividir seu salário por 12 e multiplicar pelo número de meses trabalhados.

Por exemplo, se você ganha R$1.500,00 e trabalhou por 6 meses durante o ano, irá receber R$750,00 de décimo terceiro.

Quem tem direito ao 13º?

Tem direito ao 13º todos os trabalhadores temporários ou efetivos, desde que estejam devidamente registrados e tenham trabalhado por no mínimo 30 dias no ano.

Cabe lembrar que aposentados também tem direito ao 13º salário anualmente.

O pagamento é feito de acordo com critérios estabelecidos pela empresa, entretanto, a legislação determina que o pagamento deve ser concluído até o final do mês de dezembro do ano.

Quem tem direito ao calcular 13° com horas extras?

Uma dúvida muito comum sobre o 13º salário é se quem fez horas extras durante o ano, tem direito à acréscimo no beneficio. Na maioria dos casos, a pessoa tem direito a tal acréscimo.

Para ter direito ao 13º com horas extras é necessário ter feito horas extras durante todo o ano, em termos legais, é considerado válido as chamadas horas extras habituais.

calcular 13° com horas extras

Mas afinal o que é horas extras habituais?

Não existe uma definição clara sobre horas extras habituais, mas os tribunais entendem-a como sendo as horas extras prestadas por mais de 6 meses (metade do ano).
Desta forma, se você fez muitas horas extras durante o ano, você tem direito ao 13º salário com horas extras.

A depender das políticas adotadas pela empresa, pode ser que ela pague o 13º salário com horas extras mesmo que o período seja inferior a 6 meses, mas legalmente ela não é obrigada a tal ação.

Como calcular 13° com horas extras?

Para calcular o 13º com horas extras, basta seguir os seguintes passos:

Primeira etapa:

  1. Em primeiro momento você deve dividir seu salário mensal por 12;
  2. Depois de encontrar esse valor você deve multiplicar o resultado pelo números de meses que você trabalhou durante o ano (caso a primeira parcela seja paga em novembro, divida pelo número de meses trabalhados até outubro do ano, depois na segunda parcela você deve considerar os meses restantes);

Segunda etapa:

  1. Some todas as horas extras feitas durante o ano;
  2. Divida o valor encontrado no item anterior por 12;
  3. Multiplique o valor encontrado no item anterior pelo valor da sua hora extra;

Terceira etapa

  1. Some o valor encontrado nesta etapa ao valor encontrado na etapa anterior;
  2. Subtraia do valor encontrado os descontos do INSS e do Imposto de renda.

Dito isso, observe o exemplo a seguir e veja como é feito o calculo do 13º com horas extras na prática:

  • Ana trabalhou durante o ano por 8 meses;
  • Seu salário é de R$2.500,00 por mês;
  • Ela fez durante o ano, 60 horas extras;
  • O valor da sua hora extra é de R$15,00.

Primeira etapa

2.500/ 12 = 208,30

208,30 x 8 = 1.666,00

Segunda etapa

60/ 12 = 5

5 x 15,00 = 75

Terceira etapa

1.666,00 +75,00 = 1.741,00

1741 – 142 (alíquota de 8%- Imposto de renda) – 8% (INSS)

Total = 1.471,00.

Desta forma, o 13º de Ana é de R$1471,00.

Caso você tenha feita muitas horas extras durante o ano, não se esqueça de ficar atento ao pagamento desde beneficio no seu 13º. Uma boa dica, é que você anote todos os meses a quantidade de horas extras feitas, no final do ano é só somar.



Leave a Reply